Como investir na bolsa de valores? é dificil iniciar meus primeiros passo nesse mundo do mercado financeiro digital? nessa postagem vamos deixar claro as coisas e assim tirar todas suas dúvidas para começar investir na Bolsa de Valores.

Investir na Bolsa de valores, como funciona?

É Seguro investir na Bolsa?

investir na bolsa de valores é facil, mas você tem que ter um conhecimento básico em relação as Empresas de corretagem na qual vai fazer o intercambio de Investimento em Ações.




mas fora isso você pode ficar tranquilo, é super seguro dependendo da Empresa que você está cadastrada, XP Investimentos é uma boa escolha.

1. Oque é Bolsa de Valores : COMO FUNCIONA

 

A bolsa de valores é o ambiente onde são negociadas ações, títulos futuros – como contratos e minicontratos de índice e dólar –, derivativos – como opções – e muitos outros ativos, com as mais variadas características.

Importante usar o termo ambiente, porque na verdade, a negociação da bolsa de valores deixou de ser em um lugar físico ou geográfico há algum tempo já. A bolsa de valores é online agora.




Mas essa história eu vou explicar no próximo tópico.

Segundo a definição que encontramos na Wikipedia sobre: A bolsa de valores é o mercado organizado onde se negociam ações de sociedades de capital aberto (públicas ou privadas) e outros valores mobiliários, tais como as opções.”

É uma definição bastante precisa, embora ampla.

Veja esse vídeo para entender melhor o funcionamento:

O que são essas tais ações de empresas de sociedades de capital aberto?

Quando pensamos em bolsa de valores a seguinte palavra ou termo que nos vem à mente é “ação”.

Ação é uma pequena parte do capital de alguma empresa. Pequena mesmo.

Por exemplo, a Vale, grande mineradora brasileira, tem 5,2 bilhões de ações – somando-se ações preferenciais e ordinárias.




O que são ações preferenciais e ordinárias você vai aprender mais tarde.

Ou seja, você pega o valor total da empresa, divide por 5,2 bilhões de pedacinhos. Ao comprar uma única ação da Vale, temos uma pequena célula de um organismo composto de 5,2 bilhões de células.

Hoje, a ação da Vale custa R$ 33 a ordinária e R$ 31 a preferencial, aproximadamente. Daí dá pra ter uma ideia do valor total do capital social da empresa.

  • Aprenda a investir na bolsa: conheça esse método surpreendente para operar na Bolsa de Valores.

3. POR QUE INVESTIR ONLINE NA BOLSA DE VALORES

Podemos ter infinitas razões para investir na bolsa de valores online.

Vou listar algumas delas:

  1. A renda fixa está cada vez menos atrativa: os juros básicos da economia, que servem de régua para a renda fixa, estão cada vez menores. Estamos na faixa dos 8% para a Selic (no momento em que escrevo este artigo). Economistas falam que há espaço para que os juros caiam para patamares ainda menores, como 7%. E, não se engane os juros podem cair ainda mais. Durante muito tempo, o Brasil teve juros altos e foi um dos países mais atraentes para essa modalidade de investimento. Mas parece que essa era está acabando. Aos poucos, no médio e no longo prazo, vamos nos alinhar com países que possuem juros básicos de 1% ao ano ou até menos. Quem quiser alguma remuneração mais adequada de seu dinheiro, terá de se aventurar na renda variável. Não digo que deva colocar todo o seu dinheiro na bolsa de valores, mas somente aquela parcela que lhe dá segurança enquanto o restante está protegido na renda fixa. Por que não se adiantar a essa tendência e começar agora?
  2. Diversificação: não se deve colocar seus ovos em uma cesta só. Esse é um ditado que até a sua vovozinha sabia e é verdadeiro. Ainda que a renda fixa sempre represente aquele ganho garantido, não quer dizer que você não está perdendo. Deixar de ganhar também é uma forma de perder, sobretudo quando se trata de dinheiro. Isso é chamado de risco de oportunidade. Isto é, investir em algo que lhe dá dois reais quando poderia estar investindo em algo que lhe dá dez. A bolsa de valores online é esse ambiente que lhe proporciona essa diversificação e a oportunidade de ganhar cinco, dez ou até mesmo vinte vezes mais do que você ganharia na renda fixa. Aliás, a bolsa de valores é, por definição, a diversidade: o número de empresas em que se pode investir, o tipo de papéis, com diferentes características, ativos, derivativos, contratos, minicontratos, títulos imobiliários e muito mais.
  3. A vontade de viver de bolsa de valores: é possível viver de mercado deixando seu emprego? Sim é. É fácil? Não, não é. Mas isso não impede de você desejar essa possibilidade. E tem muita gente que consegue.
  4. Ter um comportamento mais ativo e menos passivo em relação ao seu dinheiro: quanto mais ativo em relação a um aspecto de sua vida, mais maturidade você desenvolve. Você pode preferir que seu dinheiro fique passivamente na caderneta de poupança (aliás, tem opções bem melhores em renda fixa que isso). Ou pode querer controla-lo ativamente, tomando as rédeas de sua vida financeira, decidindo quanto seu capital vai aumentar ao longo dos anos. A bolsa de valores é um desses caminhos para você se tornar mais responsável por seu universo pessoal econômico.


Os melhores investimentos - Bolsa de Valores Online

4. INVESTIMENTO ONLINE NA BOLSA DE VALORES: ENTENDA QUAIS ATIVOS VOCÊ PODE NEGOCIAR

Quando pensamos em bolsa de valores online pensamos imediatamente em ações, ações, ações.

Mas, mais do que nunca, negociar online na bolsa de valores é muito mais do que isso.

Vamos ver alguns dos ativos que são negociados na bolsa:

  • Ações: já explicamos ações no item 1 deste artigo, mas, repetindo, trata-se de partícula do capital social de uma empresa de capital aberto.
  • Contratos e minicontratos: existem diversos contratos futuros negociados na bolsa de valores online. Os mais populares são contratos e minicontratos de dólar e de índice (Ibovespa). Mas a lista inclui contratos futuros de juros (diversos tipos), moedas (de diversos países), commodities (como ouro, açúcar ou café) e outros.
  • Opções: são derivativos, porque “derivam” das ações. A opção é um papel que lhe dá o direito de comprar ou vender uma ação a um determinado preço em uma data específica (portanto, são papéis que têm vencimento, data de validade). São usadas como proteção, mas o mercado online de opções na bolsa de valores é bem agressivo entre pessoas e empresas que as usam para especular.
  • Debêntures: são títulos de dívida emitidos por empresas. Elas fazem isso para arrecadar dinheiro para seus investimentos e prometem pagar o investidor, que passa a ser credor da empresa, depois de um tempo com juros.
  • ETF (Exchange Traded Fund) ou Fundos de Investimento de Índice: segundo o site da B3, “um ETF é um fundo negociado em Bolsa que representa a comunhão de recursos destinados à aplicação em uma carteira de ações que busca retornos que correspondam, de forma geral, à performance, antes de taxas e despesas, de um índice de referência”. Isto é, esse fundo replica um índice – por exemplo, o Ibovespa, sem que você precise comprar todas as ações que o compõem; compra-se apenas um ETF ou um lote deles e você garante o mesmo mix de ações que fazem parte daquele índice a um custo muito menor e de maneira mais descomplicada e acessível.

Mas esta lista é pequena. Para ver todos os produtos oferecidos online pela bolsa de valores e que podem ser nela negociados confira na lista de ativos da B3.

FORMAS DE INVESTIR ONLINE EM AÇÕES: DAY TRADE, SWING TRADE E OUTROS TEMPOS OPERACIONAIS

As formas de investir podem ser classificadas de diversas maneiras.

Para fins didáticos, vamos abordar, por enquanto, apenas uma delas que é quanto ao tempo operacional.

Sim, dependendo do tempo operacional com que se atua na bolsa, sua forma de vê-la vai mudar.

É como se o tempo operacional fosse uma floresta. Quem investe em tempos maiores, encara o gráfico olhando a floresta de cima, tudo que enxerga é grande mar verde.

Quem faz position trade, observa paisagem como alguém que está no chão, porém ainda distante, já consegue ver alguns detalhes das árvores que antes eram impossíveis do alto. Quem faz swing trade, trabalha com uma única árvore, vê os detalhes dela com muita nitidez. Quem faz day trade fica com um único galho sendo capaz de observar os mínimos detalhes. E os scalpers observam o desenvolvimento de uma única folha.

  • Day trade: operações em um único dia. O investidor compra e vende no mesmo pregão, muitas vezes, poucos minutos depois. Visa variações de preço menores que 1%. O day trader vai observar o gráfico intraday, isto é, as variações que acontecem dentro de um único pregão, em frações que vão de um minuto a uma hora. O day trader também deve ficar de olho na bolsa de valores durante o dia ou ter alertas que o avise de alguma oportunidade. O fato é que se você não puder interromper o seu trabalho, isto não é para você. Obrigatoriamente, o day trade vai trabalhar com ativos de grande liquidez e grande número de negócios diários. Os mais populares são os minicontratos de dólar e índice e as ações preferenciais da Vale (VALE5) e da Petrobras (PETR4).
  • Swing trade: operações que duram, em média, três ou quatro dias. Mas, claro, podem durar mais ou menos que isso, até semanas. Só não pode ser menos que um dia, porque aí é day trade. Visa variações de preço superiores a 5%, podendo chegar a 10% em alguns casos. O swing trader vai observar o gráfico diário e, em alguns casos, para ter um panorama maior, o semanal. Uma das vantagens é que você pode programar suas operações no fim do dia, à noite, quando a bolsa está fechada. Isso é bom se você não tem tempo de ficar assistindo online o tempo todo.
  • Position trade: os alvos das operações são estabelecidos visando permanência de uma semana ou mais, podendo chegar a meses em poucos casos. O position trader vai observar o gráfico diário e o semanal. O interessante desse tempo operacional é que o trader pode olhar o gráfico no fim de semana e programar as suas operações para que, em caso positivo, aconteçam na semana seguinte, automaticamente. Os lucros visados nesse período operacional ficam acima de 10%, podendo chegar a 20%.
  • Buy and Hold: o buy and hold tem mais perfil de investimento do que de trade. Pode-se dizer que quem prefere essa modalidade prefere comprar ações de empresas muito sólidas para ter um patrimônio acumulado depois de muito, muito, muito tempo. O lucro não vem só da valorização das ações, mas também de dividendos, do aluguel dos papéis para aqueles traders que operam na venda a curto prazo, lançamento de opções e outras formas de rentabilizar essa modalidade. A porcentagem de lucro visada é indeterminada, mas certamente é superior a 20%. O praticante desse tempo operacional, se é que podemos chamá-lo assim, fica com suas ações independentemente do sobe e desce dos preços, pois sabe que, no longo prazo, elas sempre valorizaram. É comprar e esquecer.

 


0 Comments

Leave a Reply

Avatar placeholder

Your email address will not be published. Required fields are marked *